play-blackjack-in-an-art-galleryA relação entre a arte portuguesa e o blackjack existe há muitos anos, desde que os principais casinos portugueses compreenderam que era importante oferecer aos seus visitantes uma experiência de diversão integrada. O Estoril, desde há décadas conhecido como retiro das elites, é acima de tudo um local onde se concentram pessoas de bom gosto e, nesse sentido, o Casino inaugurou a sua Galeria de Arte logo em 1958. Além da exposição permanente, os visitantes encontram diversas exposições temporárias ao longo do ano, como o “Salão Internacional de Pintura Naïf” ou o “Salão de Outono”. Logo, neste casino é perfeitamente possível ver o melhor da arte portuguesa (e internacional) e jogar blackjack, bem como todos as restantes diversões à disposição dos visitantes.

Jogar Blackjack numa galeria de arte

Se estiver de visita a uma galeria de arte e quiser fazer uma pausa tentando imitar os resultados do mítico jogador de blackjack Ken Uston ou do ator Ben Affleck (que chegou a ser proibido de jogar blackjack em casinos, uma vez que tem a capacidade de contar as cartas), basta que tenha um bom smartphone com acesso à internet. Aliás, tanto pode jogar blackjack como roleta, banca francesa, “slot machines” ou qualquer outro jogo de casino. Descarregue e instale uma Roleta app, uma blackjack app ou uma aplicação de um casino online integrada, que lhe ofereça vários jogos em simultâneo. Depois, basta ligar-se à rede wi-fi da galeria de arte e talvez a sorte esteja do seu lado. Caso o wi-fi não esteja nas melhores condições, ligue os dados móveis.

Se obtiver informação sobre uma “app” através da internet, não se esqueça de confirmar se a aplicação está disponível para o sistema operativo do seu telemóvel. Algumas “apps” são exclusivas para o iPhone, e como tal só se encontram na App Store da Apple; outras só existem para Android, devendo ser procuradas no Google Play e descarregadas a partir daí.