spending-holidays-in-the-algarveEm artigo datado de julho de 2016, a revista portuguesa “Sábado” dá a conhecer algumas sugestões de férias para a região do Algarve, valiosas quer para nacionais quer para estrangeiros, de todas as idades.

O que há de novo neste já tão badalado destino de férias, sobretudo para os fãs de sol e praia, que são “fregueses” assíduos? Praias desertas a descobrir, novos hotéis, restaurantes de luxo e tascas que aderem à tendência do “low-cost”, passeios radicais na Ria Formosa, bares para dançar ou descontrair ao som de música, e atividades para crianças.

Aqui ficam algumas sugestões concretas:

Jovens com idade inferior a 25 anos

Inaugurada em 2016, a “guest house” Offline House está adaptada aos visitantes que procuram um “detox digital”, através da prática de “surf” ou do ioga, por exemplo, reservando cacifos para o depósito de “gadgets” tecnológicos, a que não é permitida entrada.

Férias com crianças

A recomendação vai para o Ozadi Tavira Hotel, que tem um clube para crianças, com animadores e atividades variadas, disponibilizando ainda um serviço de “babysitters” que se prestam a adormecer os mais pequenos nos quartos.

Férias a sós

Se não tem filhos nem disposição para passar férias acompanhado, o local de alojamento ideal, com um nome bem adequado, é O Convento, em Olhão, que promete descontração e calma para hóspedes adultos, num ambiente de inspiração marroquina, onde os quartos não têm televisão nem rádio.

Algumas das atividades de que pode tipicamente desfrutar no Algarve, são desportos de exterior, como é o caso dos desportos aquáticos. Os mais aventureiros podem ainda deliciar-se com as falésias ao longo da costa, que oferecem várias oportunidades de escalada.

Os amantes do golfe e do ténis não foram esquecidos e podem encontrar nesta região um verdadeiro paraíso: considerado a “Meca” dos golfistas; os campos de ténis também abundam.

Mas engana-se quem pensa que o Algarve está apenas voltado para o turismo de praia e de desportos de exterior: existem também castelos antigos, igrejas medievais e exemplos de arquitetura mourisca para os aficionados da História, que gostam de aproveitar o tempo de férias para partir à descoberta.